Ads Area

Facilitadores Do Programa

 O Ministério da Saúde pretende recrutar para o seu quadro de pessoal Facilitadores do Programa.

Contexto

O Ministério da Saúde (MISAU) concluiu a elaboração do Caso de Investimento (CI) para Saúde Reprodutiva, Materna, Neonatal, Infantil, do Adolescente e Nutrição (SRMNIA-N). A elaboração do CI envolveu diversas partes interessadas tais como MISAU nível central, provincial, Parceiros de Cooperação de Saúde (PC), Sociedade Civil e beneficiários (adolescentes). Consistiu em identificar os principais nós de estrangulamento da cadeia de provisão de serviços que atrasam a melhoria da SRMNIA-N em Moçambique. O Banco Mundial e o Mecanismo Global de Financiamento conhecido por GFF (Global Financing Facility) apoiam a implementação do CI através do Programa de Fortalecimento do Cuidados de Saúde Primários (ProFCSP). O ProFCSP é um programa focado para resultados e financia as prioridades identificadas no CI através de indicadores vinculados aos desembolsos (Disbursement-Linked Indicators – DLIs). Estando em implementação o Programa (PFCSP) e considerando as outras operações financiadas pelo Banco Mundial ainda em vigor, é necessário reforçar as Direcções Provinciais de Saúde com pessoal adicional e experiente para lograr uma administração e apoio mais eficaz à implementação das várias actividades do PFCSP. Nesse sentido, pretende-se recrutar Facilitador do Programa (FdP) que trabalhará estreitamente com a DPS e demais membros da UGP para apoiar a implementação do PFCSP nas Províncias do Niassa e Cabo Delgado.

Tarefas

  • Aprender sobre o PFCSP, em particular do Documento do Programa e do Manual de Operações;
  • Participar nas capacitações internas e workshops de orientação em preparação para as atribuições no terreno;
  • Realocar-se para o local de trabalho;
  • Integrar-se nas equipas provinciais;
  • Prestar assistência conjunta ao sector, desenvolvendo um plano de trabalho, a nível Provincial e Distrital;
  • Monitorar os progressos no sentido da realização dos resultados do programa;
  • Identificar os desafios e as limitações;
  • Organizar sessões de facilitação com a equipa para resolver problemas e criar soluções;
  • Documentar os processos e as soluções alcançadas;
  • Prestar assistência técnica sectorial em caso de bloqueios;
  • Apoiar as actividades de capacitação do sector.

Requisitos

  • Grau mínimo de Licenciatura;
  • Conhecimento significativo de Gestão das Finanças Públicas;
  • Mínimo de cinco (5) anos de experiência com o sector público;
  • Consciência dos desafios enfrentados pela prestação de serviços públicos em Moçambique;
  • Conhecimento do Sector da Saúde constituirá uma vantagem.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae.

Nota: Não serão aceites Manifestações de Interesse que não estejam devidamente seladas ou entregues fora do prazo indicado. Indicar no envelope a DPS para a qual concorre.

Processo de Candidatura

Endereço: Av. Eduardo Mondlane, n.º 1008, R/C

Validade: 30/07/2021

Locais: Cabo Delgado e Niassa

Tags

Top Post Ad

Below Post Ad

Ads Area